segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Café Ristretto ou longo?

Ao chegar em uma cafeteria que fica localizada em um shopping de Brasília (DF) havia um único lugar vago, esta mesa solitária continha um sofá de couro e alguns puffs.

Os adolescentes que também estavam no local aguardavam uma mesa com cadeiras normais, como disseram. Ao pedir um café ristretto, percebi a generosidade da atendente ao me trazer um café quase longo. 

A diferença entre os dois cafés é visível principalmente na quantidade. Enquanto o longo é uma xícara com aproximadamente 50ml, o ristretto tem apenas 10ml. 

O café ristretto é mais intenso, pois é feito com menos quantidade de água e a mesma quantidade de pó de café que o longo. 


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais




























quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Café para criança faz mal?

A pergunta sobre a influência do café nas crianças partiu da mãe da Marcela de 6 anos, que descobriu que a creche da filha serve café às crianças durante a merenda.

De acordo com estudos de nutricionistas o recomendado é esperar que a criança complete sete anos para apreciar a bebida e que a dose de cafeína seja aos poucos.


Para a mãe da Marcela, é aconselhável conversar com a direção da escola e saber qual a quantidade servida. Se for pouco café ou mais leite que café não há problemas.

A cafeína não faz mal, mais em grande quantidade pode causar dependência na criança. 


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais





























quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Café coado na mesa

Com a crescente procura por bons lugares para se apreciar um café, as cafeterias tem investido em novas formas de atendimento. Imagine então um lugar agradável com um atendimento de primeira e um café de qualidade.

Imaginou? Agora junte todas essas memórias e visualize o abrista preparando o café em sua mesa. Em várias cafeterias do mundo isso já possível. 

O cliente escolhe um lugar para se acomodar, pede o café e dentro de poucos instantes o atendente vem na mesa e passa o café na sua frente enquanto apresenta detalhes da origem do grão e de como melhor prepara-lo em sua residência.

Não dá vontade de sair do local já com um pacote de café e um coador de pano ou papel e colocar em prática as dicas do barista? 


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais




























terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Café e bom humor

O jornalista Evaldo Costa é daquelas pessoas que não perde o bom humor por nada. Ele acredita que é porque toma muito café, são mais de 5 xícaras por dia de café espresso quando vai a uma cafeteria ou café coado quando está em casa.

O também escritor disse que as vezes prefere o café turco, em que você despeja a água quente por cima do pó, deixa decantar por uns três minutos e então toma o café sem coar.

Evaldo afirma que não importa a hora, de manhã a tarde ou a noite ele pode tomar o café e nem precisa se preocupar se a cafeína vai interferir no sono. A cafeína prega peças em alguns e alivia para outros, são reações diferentes em casa organismo.


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais





























segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Medida ideal

O leitor Mano Lúcio diz que a cada diz consome um café diferente sempre com o mesmo grão. Ele afirma que está há um mês com o mesmo café, mesma cafeteira mas ainda não encontrou a quantidade ideal de água para cada xícara.

Lúcio, uma boa dica é você utilizar oito gramas de café moído para cada 100ml de água. Ou seja, para cada litro de água você despeja oito colheres rasas de café moído.

A partir desta medida você vai equilibrando as quantidades de água e café até encontrar o ponto de sua preferência. 


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais




























segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Como armazenar e moer o café

João Brito passou por Belo Horizonte, nesses dias, e no entusiasmo, acabou comprando 5 quilos de café mineiro e o professor acredita que não vai tomar todo esse café tão cedo. Com tantos quilos de café, a dúvida do leitor é como armazenar essa quantidade de grãos sem que ele perca qualidade?

João, o café deve ser mantido em um recipiente fechado longe da umidade e luz solar. Ou seja, nada melhor que armazenar em uma lata, dentro da geladeira.  Agora, a outra questão é com relação ao café. João Brito acabou comprando café em grão. O que é bom, porque o café em grão conserva aroma e sabor por mais tempo.

O ideal é moer na hora em que o café vai ser feito, mas sem moedor como fazer? Certamente tem um liquidificar em casa que dá conta do recado, que tritura bem o café. Como o professor prefere o café no coador de pano, então, quando mais fino estiver o pó, melhor. Portanto, professor, guarde o café numa lata, dentro da geladeira e só tire de lá quando for moer. Não tendo moedor em casa pode triturar os grãos no liquidificador.


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais




























sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Quantas calorias tem o café?

Uma moça esbelta, com jeito de modelo entra em uma cafeteria e devido a curiosidade pergunta quantas calorias existem em uma xícara de café espresso. A estudante de jornalismo, recebe como resposta de que o café tem mais uma e menos de três calorias. Com açúcar, o número sobre para 30 calorias.

Com mais curiosidade, a estudante quis saber o por que da variação nas calorias. O café sofre alterações dependendo da região em que é plantado, a forma como é colhido, secado e torrado. Além disso, as calorias estão principalmente nos ingredientes que acompanham a bebida como o açúcar ou adoçante. O tradicional café com leite possui aproximadamente 100 calorias por xícara.


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais





























quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Café multifuncional

Além de uma das bebidas mais apreciadas do mundo, o café também dá resultado na produção da indústria de cosméticos. Uma parceria da Cooxupé, a cooperativa dos produtores de café de Guaxupé, no Sul de Minas Gerais, com a Universidade de Campinas e a Universidade de São Paulo, está pesquisando um novo mercado para produtos como shampoo, sabonete, loção de limpeza facial e creme hidratante a base de café.

Os investimentos estimados pela cooperativa são de 7 milhões em pesquisa para encontrar no mercado mundial, espaço para a indústria de cosméticos feitos de café. Os pesquisadores dizem que quem toma café é mais feliz. Agora, além de feliz vai ficar com a pele e os cabelos mais hidratados


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais




























quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

A cafeteira e a lista de casamento

O Tão esperado dia do casamento está próximo para Felipe Barreto. O promotor de vendas decidiu então, deixar sua lista de presentes em uma loja de departamentos. Um dos itens da lista é uma cafeteira caseira, e a dúvida do noivo é se vale a pena ter uma dessas máquinas em casa.

A moka, como é bem conhecida, é um presente charmoso para quem está se casando, agora, é bom lembrar, que esse tipo de cafeteira precisa de cuidados especiais, tem de ser limpa, sempre, e o mais importante, quando estiver tudo pronto para fazer o seu café, fique por perto do fogão, começou a dar sinais de que a água vai ferver, desligue o fogo e espere o café passar.

Grão de qualidade, café na cafeteira italiana, feito na hora, para uma casal recém casado, é um bom começo. 


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais




























terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Jacú Bird

Imagine essa situação que se passou com a nossa leitora Flávia Delgado, moradora de Natal, no Rio Grande do Norte, de passagem por Brasília. Ela chegou numa cafeteira e, olhando o cardápio, leu a informação sobre um dos cafés mais caros do mundo. Esse café passa antes no papo de uma ave, depois  é que chega na xícara do consumidor. 

Um Jacu, maior que uma galinha e menor que um peru é o personagem dessa história. A primeira pergunta da professora foi querer saber o que faz do café do jacu, uma iguaria tão especial? Tão cara? É tão exótica.



Por volta de 2006, o empresário Henrique Sloper, dono da fazenda Camocim, no Espírito Santo, passou a ter o jacu como aliado. É que antes, aquelas aves comiam o café e Henrique só tinha vontade de matá-las. Até que um dia, “vasculhando” as fezes do jacu, percebeu que era possível “tratar” os grãos que eram defecados - O resultado, é um café diferente, com baixa acidez, com um leve toque cítrico.

Não é pra beber todo dia, mas o café do Jacu, é para ser saboreado pelo menos uma vez para você ter uma história pra contar.


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais





























sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Café no Congresso

Depois do bá-fá-fá no Plenário do Congresso Nacional nesta quarta-feira, com troca de acusações e xingamentos, o presidente do Senado, Renan Calheiros, voltou para o gabinete, quando uma assessores chegou e perguntou se ele queria tomar uma xícara de café, para acalmar os ânimos.
O presidente do Senado disse à moça que naquela hora o que ele mais queria era um calmante e não estimulante. É um boa reflexão, em muitas pessoas, a cafeína acelera o batimento cardíaco, deixa a pessoa mais elétrica, mais ligada. Do jeito que Renan desceu ontem, da tribuna do Congresso, se ele tomasse uma xícara de café era capaz de cair pra trás 





Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais




























quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Memórias de um café ruim

Em Olinda (PE), o leitor Rodrigo Fernandes pediu um cafezinho após participar de um almoço de negócios em um restaurante refinado e teve uma surpresa desagradável. Após comer do bom e do melhor, o café servido pela casa estava morno e sem gosto.

Rodrigo então parou, pensou e discretamente pediu para chamar o gerente. Com ar de professor, o leitor disse ao gerente que pelo preço cobrado pelo restaurante, o café não deveria ser de qualidade tão baixa como o que havia sido servido aquela tarde.

Nesse caso, não tem como não dar atenção ao consumidor após o dinheiro investido nos pratos caríssimos do local. Afinal, mesmo que a comida estava ótima, a última lembrança será sempre o gosto de um café ruim e morno.


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais




























Café Espacial

No mundo todo há pessoas que amam beber uma xícara de café. Na Itália, várias cafeterias estão disponíveis para os apreciadores da bebida. A paixão é tanta, que é do país que vem o café espresso e o cappccino.

Apesar de ser um grande consumidor, os italianos costumam apreciar o café vindo do Brasil, África e Colômbia. Recentemente, a Itália firmou uma parceria com os Estados Unidos para mandar uma astronauta ao espaço.
A italiana Lavazza desenvolveu essa máquina, especialmente para servir um café "extraterrestre"
Samanta Cristoforetti, gosta tanto de café, que pediu para levar uma máquina especialmente desenvolvida para a cápsula onde falta fravidade. A alternativa para a astronauta italiana é tomar café de canudinho.

A empresa italiana Lavazza, especialista em café em sachê e em cápsula desenvolveu a máquina para Samanta fazer bonito no espaço.


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais