quarta-feira, 30 de julho de 2014

Café, conversa, sem wifi




“A internet aproxima quem está longe e afasta quem está perto”. A frase é muito falada pelos próprios usuários da rede. Com a chegada dos smartphones  a realidade ficou ainda mais alterada. Quantas vezes em uma reunião de amigos, ficamos conversando pelo whatsApp com pessoas de longe em vez de aproveitar o momento com quem está perto?

Pensando nisso, uma cafeteria de Toronto, no Canadá está bloqueando todos os sinais de internet dos clientes. E não é apenas o wifi, as redes de 3G e 4G também são bloqueadas. 


O motivo? Fazer com que os clientes conversem entre si e esqueçam um pouco o mundo virtual. Nada de Facebook, Twitter, WhatsApp e nem selfie para o Instagram. Apenas conversar, este é o objetivo.







Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais








































terça-feira, 29 de julho de 2014

Café melhora o humor?

É comum ouvirmos algumas pessoas comentarem que acordam de mau humor e que o dia só melhora após uma xícara de café. Apesar de a expressão parecer exagerada, um estudo do National Institutes of Health (NIH/EUA), comprova a informação. 

Segundo a pesquisa, quem bebe quatro xícaras de café diariamente tem 10% menos chance de cair em depressão. A justificativa é de que a cafeína pode funcionar como um antidepressivo suave por aumentar a ação da dopamina, neurotransmissor que produz sensação de bem-estar.

(Foto: The Endearing Designer)

O ritual para apreciar a bebida é variado, tem gente que prefere beber o café com ou sem açúcar, puro ou o tradicional pingado. Além do mais, há os defensores de que pingado de verdade tem que ser servido em um copo americano. Discussões a parte, sempre que estiver de mau humor tome uma dose de café e tenha um ótimo dia. 


 Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais
Instagram
Twitter
Facebook































segunda-feira, 28 de julho de 2014

E a borra de café?

Preocupada com o meio ambiente, Dona Neuza que trabalha em uma repartição pública, contabiliza mais de 10 quilos de pó de café todo mês jogado no lixo. Com pena do descarte, ela pergunta se existe alguma forma de reaproveitar a borra de café. 
(Foto: Cultura Mix)

Além de delicioso, o café também é um ótimo fertilizante para a terra, pois torna o solo mais fértil, rico em nutrientes, contribuindo para o bom desenvolvimento das plantas. Porém ao utilizar a borra de café como fertilizante são necessários alguns cuidados. Antes de jogar diretamente na planta, é aconselhável misturar junto a borra, outros fertilizantes como adubos, esterco de animais ou então cascas de frutas e legumes triturados.
 

Jogando a borra diretamente no solo, o processo de decomposição dessa matéria orgânica irá consumir nitrogênio, fazendo assim, com que ela perca sua função de fertilizante. Além de tornar as plantas mais produtivas, a reutilização do café protege, pois é um grande repelente para certos tipos de larvas, caracóis e lesmas e também elimina bactérias e outros micro-organismos danosos ao solo.




Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais
Instagram
Twitter
Facebook




























terça-feira, 22 de julho de 2014

A preferência do goleiro Dida

Após a Copa do Mundo de Futebol, muito se falou sobre a renovação do futebol brasileiro. Em reunião com a presidente Dilma Rousseff, o goleiro Dida, atualmente no Internacional de Porto Alegre, também participou do debate sobre o assunto. 

Passada a reunião, o goleiro disse que desde pequeno em Irará, na região de Feira de Santana na Bahia, ele desenvolveu o costume de tomar café. Mas nada comparado ao período de 10 anos quando atuava no Milan da Itália e desenvolveu o costume tomar diariamente um espresso curto.



Para Dida, a cafeína atua como se fosse um analgésico e um tônico, anestesiando os músculos e fortalecendo as articulações. Atualmente morando em Porto Alegre, o goleiro conheceu o café da Chapada Diamantina, e sempre que pode, pede vários pacotes para servir aos amigos e a família. Segundo ele, o método de preparo que mais gosta é o coado e de preferência em um coador de pano.


Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais
Instagram
Twitter
Facebook

























segunda-feira, 21 de julho de 2014

Franquia ou negócio próprio?

Hoje em dia a maioria das pessoas pensa em se tornar dono de seu próprio negócio e com Paulo Renato a história não é diferente. Porém, antes de iniciar um empreendimento é necessário fazer pesquisas sobre o mercado em que se deseja atuar.

Paulo Renato afirma que o dinheiro para investir em uma pequena cafeteria ele já possui, a dúvida é sobre montar um empreendimento próprio, ou se tornar um franqueado. De acordo com especialistas em franquias, no ramo do café, para montar um empreendimento próprio é necessário que o dono possua um bom dinheiro para investir em treinamento, pesquisa de grãos e local adequado. O investimento aliado a uma má gestão pode transformar o sonho em pesadelo.


Café São Braz é uma boa opção para franqueados (Foto: Facebook/Café São Bráz)

Se o empresário optar por uma franquia, alguns obstáculos serão superados pelo franqueado, como treinamento, assessoria e orientação na montagem da cafeteria. Por isso Paulo, a franquia pode ser uma ótima saída, pois seguir um modelo de negócio já testado pode ajudar a melhorar os resultados da sua cafeteria.



Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais
Instagram
Twitter
Facebook

























sexta-feira, 18 de julho de 2014

Como se deve tratar mães que amamentam

Ricardo Icassatti Hermano


Outro dia desses postei aqui o caso de uma polêmica ocorrida numa cafeteria Starbucks no Canadá entre uma cliente e uma mãe que amamentava seu filho. A cliente se incomodou com a amamentação e pediu providências. Felizmente, no mundo do café as coisas acontecem sempre de um modo diferente. O caso terminou com o barista oferecendo uma bebida grátis à mamãe lactante e um vale para outra bebida quando quisesse retornar. Agora vejo no site Mama Bean Parenting, dedicado aos assuntos da maternidade, o caso de outra cafeteria envolvida com mães que amamentam. Dessa vez, na cidade de Cheltenham, na Inglaterra, país civilizado onde é proibido discriminar mães que amamentam. 

Como é sabido, o trabalho de amamentação tem como consequência natural a desidratação da mãe. Além disso, as mães ainda têm que se preocupar com desaprovação, olhares e críticas quando tiver que parar em algum local público e alimentar seus filhos. Com isso em mente, a cafeteria também tomou uma providência e pendurou um quadro negro no lado de fora em que manifesta seu apoio às mamães. No quadro negro está escrito: "Mamães lactantes, entre e ganhe uma xícara de chá grátis se você precisa de um pit stop ... Não precisa comer, não precisa pedir - Por favor, relaxe : )". Para nós, brasileiros, parece uma discussão boba, mas aos que sentirem incomodados com a visão de um seio, it's just a boob ... relax!



quinta-feira, 17 de julho de 2014

Café bom é café coado

Rita de Cássia disse que todo dia, quando está tomando o café da manhã, antes de preparar os meninos para irem à escola, a professor liga o rádio para se atualizar, e curtir as dicas e sugestões que diariamente apresentamos
Rita de Cássia tem um ritual durante todas as manhãs, antes de preparar os meninos para irem à escola, a professora liga o rádio para se atualizar e acompanhar as sugestões que o Café & Conversa apresenta.


A dúvida de Rita, talvez seja a mesma de outras pessoas. Ela pergunta se é possível preparar um café gostoso sem utilizar máquinas complicadas. Sim Rita, é possível. 


Considerado preferência entre os consumidores da bebida, o café coado chama a atenção pelo forte aroma que emana ao passar o café. Não há segredo ou sofisticação no preparo, basta escolher entre o coador de pano, tradicional ou de papel.


Foto: Editoria de Arte/Folhapress


O que irá fazer diferença com o café coado é a qualidade do grão, pois influencia muito no sabor do café. Ele deve ser bem torrado, com aroma, de preferência saber onde é produzido e que o pacote tenha as descrições indicando procedência, plantio, colheita e as qualidades oferecidas.





Acompanhe o Café & Conversa nas redes sociais
Instagram
Twitter
Facebook