quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Bacon Vegetariano


Ricardo Icassatti Hermano

Há bem mais de 10 anos, deixei de comer carne vermelha e de frango. Minha fonte de proteínas está nos peixes, na soja, no queijo, no feijão etc. Não embarquei nesse semi-vegetarianismo por um desses motivos esotéricos que a gente vê por aí. Apenas estava me fazendo mal. Então cortei da minha dieta. Nunca senti falta ou vontade repentina de comer carne novamente e estou muito bem assim.

Descobri um vasto mundo culinário que passa longe da carne. Acabei até achando que prato com carne é uma opção preguiçosa. E perigosa. O apodrecimento da carne sempre foi um grande problema a ser resolvido pela indústria da alimentação. Recentemente, assisti um documentário na TV paga que mostrava exatamente a evolução dos processos de armazenamento da carne ao longo do tempo.

E não é que resolveram? Finalmente encontraram uma maneira da carne ficar bonita e se conservar por muitos e muitos dias nas prateleiras dos supermercados e nos intestinos dos consumidores. A indústria injeta alguns componentes químicos e simplesmente mumifica a carne. Cor e sabor são turbinados com outras substâncias.

Você acha mesmo a que carne tem essa cor?

Hoje, vejo que tomei a decisão certa ao ouvir as reclamações do meu corpo, avisando que aquilo estava me fazendo mal. O mesmo aconteceu recentemente com o leite e relatei em um post sobre a festa junina ocorrida numa fazenda. Com uma infância basicamente rural, eu adorava leite até que começou a me fazer mal. Abandonei também.

Mas, naquela fazenda da festa junina, bebi leite tirado na hora, ali no pé da vaca. E o que aconteceu? Absolutamente nada. O que será que andam adicionando ao leite que compramos nos supermercados? Tenho até medo de saber. Eu só sei que a incidência de câncer e outras doenças só aumenta ...

Brrrr ...

O importante é que existem alternativas mais saborosas e saudáveis para a carne e seus subprodutos. Como no caso do bacon, por exemplo. Você sabia que é possível fazer um bacon crocante e delicioso de cenoura? Essa é a receita que o Café & Conversa traz hoje para os leitores e leitoras ávidos de delícias deliciosas em suas vidas.

Para essa receita é preciso uma fritadeira elétrica com termostato, porque é necessária a temperatura certa para obter o resultado desejado. Enjoy!

Bacon de Cenoura

Ingredientes

- Cenouras grandes
- Óleo de Canola para fritura
- Sal temperado

Preparo

Limpe e descasque as cenouras. Com o próprio descascador, corte tiras longas como o bacon. Frite na temperatura de 190º C (375º F) por um minuto e meio. Retire e coloque sobre papel toalha para absorver o excesso de óleo.

Polvilhe o sal temperado por cima e chacoalhe um pouco para misturar bem.

Sirva sem avisar e veja se alguém nota a diferença

4 comentários:

GuiWeb disse...

Olá Ricardo!

Vim parar aqui nest post (antigo né rs) procurando saber mais sobre bacon vegetal e.. pela PRIMEIRA vez achei alguém que também parou de comer carne por fazer mal..
É aquela coisa estranha no papo do almoço: "vc é vegetariano???? Tem dó dos animais???" e aí vão 30 minutos explicando que, apesar da dó, parei por conta de que carne me fazia mal.. sempre bom ver alguém que sabe o que é isso.
Aliás, adorei o seu espaço! Já está no meu Reader ^^

Abc

GuiWeb

Café & Conversa disse...

Oi GuiWeb,

É um grande prazer ter a sua companhia por aqui. Seja benvindo.
É realmente difícil explicar para as pessoas que sou vegetariano por uma exigência metabólica. Elas sempre associam essa escolha a "causas" e crenças.

Abraço

Café & Conversa

Anônimo disse...

adorei

Paula disse...

Adorei. Eu parei pelos animais mas sempre me perguntam se foi por saúde. Independente do motivo, parabenizo pelo espaço. Abraços