terça-feira, 6 de julho de 2010

A Música do Dia - Maria G. Harpa - Maria Olsson-Sidorova


Romoaldo de Souza

Conta a lenda que Angus Mac Oc, chamado pelos ciganos romenos de Înger (pronuncia-se Ânguer), vivia para cima e para baixo com uma harpa dourada, de onde ele tirava sons irresistivelmente doces, que se transformavam em mensagens de amor.

Angus Mac Oc, também chamado de "O Filho Mais Jovem" era conhecido na antiguidade pelos celtas irlandeses como o Deus da Juventude, O Deus do Amor, O Deus da Beleza!

Mas mesmo as divindades podem cair em tentação e um dia Angus acabou se apaixonando por uma jovem que só conhecia em sonhos. Como todo apaixonado, perdeu a razão, e partiu de casa em busca a filha de Ethal Anbuais.

Depois de muita procura, o "anjo" encontra sua amada, mas o pai dela o advertiu que a filha tinha sido vítima de um encanto. De dois em dois anos ela se transformava em cisne. Um ano era mulher, linda, encantadora e bem-resolvida. No outro era um cisne. Para compartilhar do amor de donzela, Angus teria de se transformar em um cisne.

Quem resistiria a um canto sedutor, apaixonado. O canto do cisne?


Dito e feito. Uma noite, Angus pegou no braço da amada, andaram até a margem de um lago e foram se transfigurando em cisne. Os dois juntos fizeram longos e apaixonados vôos, cantando melodias, se amando.

A lenda conta que o canto dos cisnes era tão inebriante que os vizinhos de Ethal Anbuais dormiram dias e noites seguidos ao som da melodia enquanto os cisnes se amavam.

Ontem, foi o dia de Angus Mac Oc, mas como eu estava enrolado com as coisas profanas da vida e tentando alimentar uma paixão, não tive tempo de encontrar uma música que encantasse tanto, como o canto dos cisnes.

Espero que você se apaixone. Que tenha a coragem de Angus Mac Oc e viva uma grande paixão, ainda que seja a derradeira. Com vocês, Maria G. Harpa, tocando "Maria Olsson-Sidorova". Bom dia!




2 comentários:

lambujja disse...

Bela lenda!!! Adorei saber sobre Angus. Aliás, muito bem contada.Se fosse uma longa história, não conseguiria me desligar da leitura.

Mas, é isso, a paixão nos transforma!!

Beijos

Heleny Galati disse...

Apaixonado. Isso é tão bom. As melhores músicas, melhores textos, melhor arte é feita por corações apaixonados.

A paixão abre a mente, desperta a necessidade de ser e estar mais. É preciso ter coragem para viver e se entregar a uma paixão. Seja como humano ou cisne.

Viver é apaixonar-se intensamente e pelo menos uma vez, definitivamente.

Amei o texto e a música. Amo harpa e histórias irlandesa.