sexta-feira, 29 de junho de 2012

Cappuccino do Cupido

Romoaldo de Souza

A leitora Ismaela Silva disse que está querendo entrar pelo mundo do café, conhecer sabores e desenvolver a habilidade dela fazendo receitas. Acho que a primeira sugestão é mesmo um Cappuccino, razoavelmente fácil de ser feito e bem representativo, porque o nome do drink é Cappuccino do Cupido.

E você sabe, nessas ocasiões, quanto mais aconchegante, quando mais agregadora for a bebida, mas chance você tem com a fama de boa cozinheira. Um cozinheira de mão cheia.


 


Ingredientes

- 113ml de café forte, quente;
- 30ml de calda de chocolate;
- 30ml de licor de menta;
- 30ml de xarope de amêndoas ou Amaretto;
- açúcar;
- 25ml de leite espumoso;
- Chantilly para decorar.

Susan Zimmer, em "Eu Amo Café", Ed. Prumo, recomenda:

1 - Misture o café, a calda de chocolate e os xaropes, escolhidos de acordo com sua preferência. Em duas canecas adicione o açúcar. 
2 - Coloque o leite espumoso em colheradas sobre as duas canecas.
3 - Cubra com chantilly e sirva com um beijo 

Agora a promoção:

Hoje, 29 de junho, a redação do Café & Conversa vai bater um papo lá na fábrica de chocolates "Cacahuá". Quando o relógio marcar 12h29 vamos sortear uma caneca como esta, entre os presentes ao evento. Por que 12h29? Por ser um minuto antes de meio dia e meia (hora). Em vez de "meio dia e meio", como muita gente costuma dizer. A chocolateria fica na 207 Sul, Bloco "A", Loja 37, Asa Sul, Brasília-DF

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Frango Recheado ao Molho de Café

Ricardo Icassatti Hermano e Romoaldo de Souza

Inverno é uma estação boa para reuniões a portas fechadas. Por isso, também é uma boa época para reunir os amigos em torno de uma mesa farta, rir bastante, contar muitas histórias e apertar os laços da amizade. Compartilhar e confraternizar. Não tem coisa melhor.

O frio exige um cardápio mais encorpado, como essa receita de frango recheado ao molho de café que trazemos hoje para vocês. Sempre, claro, incorporando o café como ingrediente. A ideia é juntar gente, por isso a receita é para oito pessoas. O acompanhamento deste prato fica por sua conta, mas o ideal é que não haja uma competição de sabores. Escolha um bom vinho tinto e pronto, basta chamar os amigos. 


 


Ingredientes para o frango
- 2 colheres (sopa) de azeite
- 1/2 cebola média picada
- 2 xícaras (chá) de brócolis
- Sal e pimenta do reino a gosto
- 8 filés de frango
- 8 fatias de presunto ou bacon
- 8 fatias de mussarela de búfala
- 2 colheres (sopa) de manteiga derretida
- 2 colheres (sopa) de salsa picada
- 2 colheres (sopa) de farinha de rosca
- Palitos para prender

Ingredientes para o molho
- 1 colher (sopa) de manteiga
- 1 colher (sopa) de farinha de trigo
- 1 xícara e meia (chá) de leite
- 1/2 xícara (chá) de café
- 1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
- Sal e pimenta do reino a gosto
- 1 pitada de noz moscada

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Uma pausa para o cafezinho

Ricardo Icassatti Hermano e Romoaldo de Souza

O seu coffee break pode consistir numa saída rápida até a lanchonete mais próxima para tomar um suco e comer alguma coisa. Pode também ser apenas engolir um líquido escuro e malcheiroso mantido numa garrafa térmica na copa da firma. Ou ainda podemos aprender com os suecos, que fizeram dessa parada para o café uma instituição nacional.

Na Suécia, desde mais ou menos 1700, foi criado o costume de fazer uma parada para o café às 10h da manhã e outra às 3h da tarde. Até aí, nada demais, também temos até mais paradas para um cafezinho durante o dia. Os suecos chamam esse hábito de “Fika” e tem suas regras. A primeira delas é que o coffee break deve ser feito fora do ambiente de trabalho. Assim, todos se dirigem a uma cafeteria ou lanchonete.

Agora, se hoje, você não pode ir a Suécia, fazer o fika, reuna os amigos e vá a uma cafeteria mais próxima e tome um espresso. Indo à Chapada dos Veadeiros, dê uma chegadinha na "Confraria do Café", certamente você vai receber um atendimento de primeira. Alto Paraíso está perto de Brasília.

Outra regra é que se deve levar junto um amigo para conversar. Não é possível fazer a “Fika” sozinho. Afinal, o que é tomar um café sem conversa? Também tem comida, geralmente doce, para acompanhar o café. O objetivo desse costume é justamente a socialização. Por isso, ninguém se preocupa por ter de sair do ambiente de trabalho por alguns minutos.

 

Aliás, um estudo do Massachusetts Institute of Technology (MIT), feito em 2009, demonstrou que os trabalhadores que socializavam com os colegas durante o dia apresentaram um aumento de 10% a 15% na produtividade comparados aos que não socializavam. Outra pesquisa tambérm revelou que comer sentado em frente ao um computador é um perigo, porque se come muito mais. Bem que poderíamos adotar a "Fika" por aqui também.

terça-feira, 26 de junho de 2012

Café, Lentilha e Linguiça

Ricardo Icassatti Hermano e Romoaldo de Souza

Embora o frio ainda não tenha chegado com a força prometida, o Inverno oficialmente já começou. Assim, fomos ao caderno de receitas e guloseimas do Café & Conversa para encontrar pratos mais adequados à estação. Para enfrentar o frio, precisamos de comida quente, com mais gordura, mais “sustança”, para criar uma reserva de energia no corpo.

É também a época ideal para as bebidas quentes, como o café. E por que não juntar tudo num prato? Por isso, trouxemos a receita de lentilha com linguiça e café, bastante versátil porque pode ser servida sozinha, acompanhada de arroz ou batatas e até como molho de uma bela macarronada.

A criançada também vai adorar esse prato. Meus filhos adoravam essa receita porque eu dizia que era comida de cowboy. Vocês já devem ter visto em filmes, os cowboys comendo uma espécie de ensopado preparado dentro de um caldeirão ou frigideira grande. Eles se reuniam em volta de uma fogueira e iam enchendo seus pratos com uma concha. Eu reproduzia esse cena, às vezes até com a fogueira, e a criançada vestida a caráter vibrava, comiam tudo. Eu me vestia de índio Apache : ) 

   

Ingredientes

- 1/2 pacote de lentilhas (250g)
- 5 grãos de pimenta-do-reino preta
- Sal a gosto
- 2 xícaras (chá) de café
- 2 xícaras (chá) de água
- 2 colheres (sopa) de azeite
- 1/2 cebola picada
- 2 dentes de alho picado
- 500g de linguiça de lombo fresca sem pele esmigalhada
- 1 tomate sem pele e sem sementes picado
- 1 colher (sopa) de sálvia fresca picada
- 1 colher (chá) de louro em pó
- 2 colheres (chá) de páprica picante

Preparo

Coloque a lentilha, os grãos de pimenta, o sal, o café e a água em uma panela. Cozinhe até que a lentilha fique macia. Escorra, reservando meia xícara de chá do líquido do cozimento e deixe esfriar. Em uma panela, aqueça o azeite e doure a cebola, o alho e a linguiça. Acrescente a água do cozimento, o tomate, a sálvia, o louro e a páprica. Cozinhe até secar todo o líquido e tempere com sal. Misture esse refogado com a lentilha cozida e sirva imediatamente.

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Café com Leite de Coco

Ricardo Icassatti Hermano e Romoaldo de Souza

Deise Lina escreveu dizendo que gosta muito do Inverno, pois o frio permite que ela use roupas mais elegantes e mude a sua dieta, com pratos mais encorpados e bebidas quentes como o café e suas variações. Ela explica que é fã de café, mas também revela que o Verão passado foi muito bom e deixou fortes lembranças. Deise teve aquele Verão de sonho, encontrou um amor, se divertiu todos os dias, o mar estava limpo e na temperatura certa e o sol foi generoso na praia que freqüentou, ali pela região de Porto de Galinhas.

Das praias do litoral de Pernambuco, Porto de Galinhas foi a região
 escolhida por nossa leitora para passar uns dias ao sol, curtindo
o verão e se deliciando com a culinária da região 

Por  isso, as lembranças de Deise ficaram associadas a água de coco que bebia bem gelada todo santo dia, aos pratos à base de leite de coco e aos coqueirais da praia. Agora que o tempo esfriou, ela quer saber se é possível misturar o café que adora com o coco. Olha, Deise, poder pode, mas é preciso cuidado na dosagem porque o coco tem um sabor acentuado. Conseguimos uma receita deliciosa no site Aqui na Cozinha para você curtir o seu Inverno sem precisar largar mão das delícias do Verão. Fizemos algumas mudanças na receita original para ficar bem parecido com o que você quer. Anote aí.

 


Ingredientes

- 1 xícara de chá de café
- 6 colheres de sopa de leite integral
- 6 colheres de sopa de leite de coco
- 1 colher de sopa de açúcar

Preparo

Aqueça o leite e o leite de coco juntos e depois misture com o café. Adoce com o açúcar e sirva imediatamente.

domingo, 24 de junho de 2012

Café, Gente e Papos Bacanas - Aaaaah, o Amor ...

Ricardo Icassatti Hermano

Dizem que a nossa criatividade precisa de pressão para ser ativada. Ouvi essa quando trabalhei numa agência de publicidade, lá nos idos da faculdade de comunicação. Assim, prazos e orçamentos apertados seriam o Nirvana dos publicitários. Depois disso, surgiu uma outra linha de pensamento que defende o ócio criativo e vai na direção oposta. Fazer nada seria tão criativo quanto um deadline. Vai explicar isso para o cliente ...

Mas, o que aconteceria se houvesse o equilíbrio, um pouco de pressão e um pouco de ócio? Foi o que aconteceu com a jovem jornalista multimídia Nayara Young, pressionada pela chegada do Dia dos Namorados e sem noção do que dar de presente ao seu amado. Ela nos contou que lutava com várias ideias e possibilidades até que se lembrou de um antigo projeto conjunto, um trabalho com fotos, e correu para o computador. O resultado vocês podem ver logo abaixo da explicação dela. 


Essas imagens foram tiradas há uns 3 anos, pelo menos! Lembro que pensamos juntos em um roteiro e tínhamos a proposta de juntar tudo e produzir um "curta" em stop-motion. Mas acabou que esquecemos a ideia!

Quando encontrei e fui passando as fotos, parei tudo e comecei do zero outro presente: o gibi.

Já conhecia um programa de edição, o "Comic Life", e comecei a encaixar as cenas. Só que com um roteiro diferente! O objetivo era brincar de "e se tivesse sido assim", colocando diálogos e piadinhas internas no lugar do que a gente tinha planejado inicialmente.

No dia 12 entreguei um gibi impresso. Este tinha até capa com direito a ano, edição e até código de barras. No número do código eu coloquei a data do início do namoro e a data de entrega do gibi (imagem).
























Gostaram? A redação inteira do Café & Conversa também! Para nós, a grande força motora da criação não é a dificuldade ou o ócio, mas o Amor. Você tem uma boa história? É real? Venha nos relatar e tome uns espressos por nossa conta. Se a sua história for realmente boa, será publicada aqui no blog e você poderá até ganhar uma caneca personalizada, dependendo da disponibilidade.

Fique de olho no nosso perfil no Twitter: @CafeConversa. Quando tivermos escolhido hora e local para a nossa famosa Reunião de Pauta, avisaremos na TL. E aproveitando o embalo, nossa querida amiga e fotógrafa de mão cheia Zuleika de Souza - @zuleikas -, do jornal Correio Braziliense, participou da reunião em que Nayara nos contou sua história e nos surpreendeu com um belo ensaio. 



Você pode conferir este ensaio fotográfico na íntegra na edição digital do Correio Braziliense deste domingo : ) Basta clicar aí em cima do nome do jornal. Muito obrigado Zuzuca!!!

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Bolo de Capim Cidreira

Ricardo Icassatti Hermano e Romoaldo de Souza

Zé Humberto de Pesqueira nos escreveu dizendo que tem plantado em sua casa e é fã do capim cidreira, também chamado de erva cidreira, capim santo ou capim limão, dependendo da região do país. Ele gostaria de saber se a planta combina com café. Olha Zé Humberto, já vimos e até bebemos alguns drinques experimentais em concursos de baristas, que usaram um pouco do chá de cidreira como ingrediente. O resultado não ficou ruim, apenas diferente e valeu como experiência. E nessa área, é melhor deixar com os profissionais.

Após uma rápida pesquisa, vimos  que a cidreira é uma planta medicinal bactericida muito utilizada no interior para tratamento de febres, dores e com propriedades analgésicas, calmantes e anti-depressivas, além de ser estimulante da circulação periférica, estomacal e ajuda aumentar o leite de mães que estejam amamentando. Essas propriedades medicinais casam perfeitamente com as do café. 




Mas, para combinar mesmo com o seu café diário temos uma sugestão melhor. Use a sua cidreira como ingrediente de um bolo para acompanhar o café. É uma receita simples e temos certeza que você vai ficar fã do sabor delicado e do perfume envolvente dessa guloseima. Anote aí a receita:

Bolo de Cidreira

Ingredientes
- 2 xícaras de farinha de trigo
- 2 xícaras de açúcar
- 1/2 xícara de óleo
- 4 ovos
- 1 copo de iogurte natural sem açúcar
- 1 colher sopa de fermento em pó
- 1 maço com 10 folhas de cidreira
- 1/2 xícara de leite fervido e batido com a cidreira e coado

Preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador, menos o maço de cidreira, que deve ser descartado após a fervura do leite. Unte uma fôrma com manteiga e açúcar. Coloque a massa na fôrma e leve ao forno a 180º por mais ou menos 20 minutos. Fique de olho. 

Café com água da torneira

Romoaldo de Souza

Entre tantas consultas que recebemos, a que mais nos chamou a atenção foi a da leitora Neuma Coimbra, de Camaragibe (PE). Ela resolveu seguir nossos conselhos, comprou um pequena cafeteira, foi a uma loja especializada comprou café em grão, moeu em casa, tudo de acordo como temos recomendado.

Comprar café é uma arte e levar café já moído para casa é levar uma dúvida, porque você não sabe tudo o que tem no pacote, essa é a dica.

Mas, voltando à nossa ouvinte de Camaragibe, ela disse que preparou o café em casa, fez até uma pequena espuminha, mexeu bem e ficou um pouco cremoso. Ela só não consegue entender porque não pode usar água da torneira, no lugar de água filtrada ou mineral.

Por uma simples razão, Neuma. A água que a sua companhia fornece já vem tratada com cloro e isso interfere no sabor do café que você toma. As substâncias que a companhia de saneamento usa para deixar a água limpa são incompatíveis com produtos sensíveis ao calor, ao frio e à umidade, como é o café. Por isso, o bom mesmo é, sempre que for passar um café em casa, use água filtrada ou mineral.





Um abraço e bom café!!!

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Suflê de Café

Romoaldo de Souza


A jornalista Adriana Nasser, chef de cozinha quando as crianças dão tempo, preparou especialmente para os leitores do Café & Conversa, um suflê de café que, na hora em que vi a foto, já fiquei com água na boca.


Adriana recomenda que o suflê de café como uma boa sobremesa para noites frias. Dias chorosos. Mas, você acha que dá para esperar a noite chegar? Depois, com frio ou no calor, essas iguarias caem bem a qualquer hora.


No frio ou no calor. Chova ou faça sol, esse suflê de café é a
pedida preparada e recomendada pela jornalista e chef Adriana Nasser






Ingredientes

· 4 ovos (gema e clara separadas)
· 1/4 de xícara de maisena
· 1/3 de xícara de açúcar
· 1 xícara de leite
· 1 1/2 colher (chá) de café solúvel
· manteiga para untar

Preparo

Na batedeira, bata as gemas com a maisena e o açúcar por três minutos ou até obter um creme claro e homogêneo. Em uma panela, aqueça o leite, junte o creme de gemas e cozinhe em fogo baixo, mexendo sempre, por cinco minutos ou até engrossar. Retire do fogo e adicione o café. Deixe esfriar. 

Bata as claras em neve até obter picos firmes. Junte ao creme e misture cuidadosamente. Distribua entre quatro fôrmas de suflê com capacidade para 3/4 de xícara, untadas com manteiga e polvilhadas com açúcar. Leve ao forno moderado (180ºC), pré-aquecido, por 50 minutos ou até crescer e dourar. Sirva logo em seguida. Se quiser, decore com chantilly, raspas de chocolate ou canela.

terça-feira, 19 de junho de 2012

Bolo de Café com Calda de Goiaba

Romoaldo de Souza

Agora no mês de agosto, tem os 20 anos do Rally dos Sertões, uma das maiores competições fora da estrada, do mundo. E este ano, o Rally dos Sertões sai de São Luiz, no Maranhão, em 18 de agosto, passa em Tocantins, na Bahia, cruza o São Francisco em Petrolina e sobe para Fortaleza no Ceará, onde vai ser a chegada, dez dias depois.

20 anos de Sertões. É muita estrada, muita história, como esta
que estou contando, hoje, no podcast abaixo, para falar de
bolo de café com calda de goiaba

Por que estou falando de rally? Bem, porque dois anos atrás, quando  estávamos chegando em Alto Paraíso de Goiás, uma região mística, cheia de cachoeiras, para tomar banho, vi uma plaquinha no centro da cidade anunciando guloseimas e quitutes da região e uma delas era torta de café com calda de goiaba.


A receita desta terça-feira eu aprendi há dois anos, quando o Rally dos Sertões passava por Alto Paraíso de Goiás. Foi nessa cachoeira que "batizei" a caneca do Café & Conversa. Quer ganhar uma dessas? Conte sua história envolvendo café, receitas, gente e cafeterias


Ingredientes:
  • 1 pacote de biscoito champanhe triturado;
  • 3 colheres e meia de manteiga sem sal;
  • 1 lata de leite condensado;
  • 1 xícara e meia de café coado, frio;
  • 2 colheres de amido de milho;
  • 1 lata de creme de leite, sem soro;
  • 1 pacote de gelatina - sem sabor - em pó, vermelha;
  • 200ml de calda de goiaba.


Como fazer:
  • o biscoito deve ser misturado com a manteiga até que se forme uma farofa;
  • forre o fundo de uma forma com essa "farofa";
  • leve ao forno, pré-aquecido, em temperatura média, até ficar dourado;
  • deixe esfriar;
  • despeje, em uma panela, o leite condensado, o café e o amido de milho;
  • leve ao forno, mexendo, até engrossar;
  • deixe ficar morno e misture o creme de leite;
  • hidrate a gelatina;
  • misture no creme de café e despeje na forma;
  • deixe na geladeira por seis horas;
  • espalhe a calda de goiaba por cima.
Bom apetite! Bom café! 

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Café e melancia, na mesma plantação

Romoaldo de Souza

Uma experiência que vem dando certo no interior do Espírito Santo, estado que mais produz o café conilon, bem que poderia ser testada em outras regiões. Pesquisadores do Incaper - Instituto de Pesquisa e Assistência Técnica Rural concluíram que café com melancia é uma parceria que qualquer produtor deveria por em prática.

É claro que não estou falando do ponto de vista da culinária, misturando café com melancia, mas técnicos do Incaper descobriram que plantar melancia na mesma área onde existe plantação de café, ajuda no melhor aproveitamento do terreno, uma vez que a melancia é intercalada com o café e a baixa temperatura da melancia contribui na proteção do solo em dias quentes do verão.


Conseguimos fechar a lista dos 15 ganhadores da caneca do Café & Conversa. Havíamos anunciado a premiação para os dez contos mais significantes, mas foram tantos e tão marcantes que esticamos o prazo e a quantidade dos agraciados com a lembrança. 

Pedimos aos que estão relacionados abaixo, que encaminhem para o nosso e-mail (cafeconversa1@gmail.com) endereço completo para que possamos encaminhar essa belíssima caneca. 

Pedimos aos sortudos ganhadores, que tão logo recebam a caneca para que façam uma foto na cidade em que moram, na cafeteria que frequentam ou onde acharem interessante. Em julho tem mais promoção


1) Ricardo Braz - São Paulo-SP 
2) Milton Carvalho - Recife-PE 
3) José Carlos - Brasília-DF
4) Márcio Alves - Petrolina-PE
5) Antonio Dionísio - Cabo de Santo Agostinho-PE
6) Maria Augusta Leite Moreira - Recife-PE
7) Ana Silvia - Brasília-DF
8) Augusto Durant - Recife-PE
9) Marina Campos Isaac - Brasília-DF
10) Maria José Lima da Cunha (Zezé) - Brasília-DF
11) Adriana Nasser - Brasília-DF
12) Thiago Casavechia - Unaí-MG
13) Nora - Ribeirão Preto-SP
14) Pousada Aldeia dos Ventos - Brasília-DF
15) Fabiana Noronha - Candangolândia-DF


Agradecendo a gentileza da fotografia desse blog, fiquei pensando que seria bom uma experiência de melancia com café. Quem vai encarar?  

domingo, 17 de junho de 2012

Prometheus, Ridley Scott é o cara!

Ricardo Icassatti Hermano

Foi bom não ter escrito minhas críticas sobre os dois últimos filmes que assisti em companhia de Catita e Little Mary, sem antes assistir o assombroso Prometheus, obra mais recente do fenomenal diretor Ridley Scott. Falo sobre os dois filmes anteriores em outro post. Acabo de sair do cinema e quero falar sobre mais essa obra prima de um dos diretores que as pessoas vão assistir sem nem procurar saber quem está no elenco. Poucos diretores alcançaram esse status na história do cinema.

Cartaz do filme

Também pudera, Scott tem no seu currículo nada menos que quatro filmes que são clássicos eternos: Alien, Blade Runner, Thelma & Louise e Gladiator. O diretor está podendo e este novo filme tem tudo para ser um desses clássicos eternos. Vamos começar pelo começo. Prometheus é o nome de um deus da mitologia grega e também batiza a nave espacial que leva um grupo de cientistas à um planeta distante para desvendar o mistério da nossa origem. 

A nave Prometheus

Mas, o deus grego tem uma história interessante, Reza a mitologia que ele gostava de nós, humanos, e queria nos tirar do atraso pré-histórico em que nos encontrávamos. Não, ele não criou o Bolsa-Família e nem foi o responsável pela corrupção que levou a crise econômica da Grécia. Apesar de ser um Titã e pertencer a uma boa e tradicional família de deuses, era filho de Jápeto e irmão de Atlas, ele tinha uma quedinha pela transgressão e roubou de Zeus o segredo de como fazer fogo, nos entregando em seguida de mão beijada. Foi o nosso primeiro conhecimento tecnológico e a partir dele construímos a nossa civilização. 

Zeus, no entanto, não gostou nada da iniciativa, digamos, humanista e engajada-de-esquerda de Prometheus e o condenou a uma pena terrível. Ele foi acorrentado a uma rocha por toda a eternidade, com um requinte de crueldade divina. Durante o dia, uma águia comia-lhe o fígado, que voltava a crescer durante a noite. Um nome mais que apropriado para o filme e a nave que vai atrás da origem desse outro "fogo" que nos criou.

Acho que Prometheus preferiria perder o fígado tomando cachaça

Há quem não tenha gostado do filme. Alegam que Scott foi repetitivo. Sim, estão lá os elementos do Alien original, os túneis claustrofóbicos, as formas orgânicas, o visual cyber punk que o celebrizou, a criatura etc. Mas, e daí? Isso é que é o bom do filme. Além disso, o diretor mantém a linha mestra da infinita curiosidade humana, sempre perguntando, sempre em busca de verdades e conhecimento, sempre angustiada com a origem de tudo. Afinal, é isso que nos move.

Ridely Scott sabe como jogar com nossos medos primordiais

Me parece que Ridley Scott deve ter lido "O 12º Planeta", de Zecharia Sitchin, arqueólogo e pesquisador que também prestou consultoria à NASA. Esse livro revela o conteúdo de textos sumérios de 6.000 anos de idade, que explicam como a raça humana foi criada por seres alienígenas "à sua imagem e semelhança". Os sumérios os chamavam de Anunakis. Eles estiveram em nosso planeta no início das eras. O planeta deles, Nibiru, o 12º do nosso sistema solar, tem uma órbita semelhante à dos cometas e somente  passa perto da Terra a cada 3.600 anos.

Por via das dúvidas, a NASA já está monitorando o espaço ...

Digo isso porque já li o livro e reconheci vários elementos no filme. Em uma entrevista, o diretor conta que teve a inspiração para este filme ao tomar conhecimento da imensa cultura que se desenvolveu em torno das especulações sobre o alienígena que é descoberto pelos astronautas terráqueos no primeiro Alien. Ele não tinha uma história prévia do alienígena gigantesco, apenas estava ali compondo o cenário e servindo de origem para a famosa e horripilante criatura.

Lembram dessa cena no primeiro Alien?

A partir disso, criou o "gancho" para o roteiro. E que roteiro! Se sua irmã, amiga, namorada, esposa ou seja lá o que for, não gosta de ficção científica, não leve para assistir esse filme. Ela não vai gostar nem um pouco e vai encher o seu saco porque você nem terá com quem conversar sobre o filme depois. Com honrosas exceções, mulheres em geral acham muito complicado para a cabeça delas toda aquela ciência e morrem de medo dos "monstros gosmentos". Elas também poderão sair meio raivosas do cinema ao se depararem com a beleza estonteante da atriz Charlize Theron ...

Charlize está se especializando em interpretar mulheres malvadas

A Charlize Theron certamente tem DNA alienígena, pois nada neste planeta explica a sua beleza e o fato da passagem do tempo não lhe maltratar como faz com a mulherada em geral. Outra atriz que está no elenco e interpreta o papel principal é Noomi Rapace. Ela é a garota punk sensação do filme "O Homem que não Amava as Mulheres", a versão sueca. Fiquei fã dela depois que assisti a trilogia baseada nos livros de mesmo nome e fico feliz de vê-la em um filme dessa grandeza. Em Prometheus, ela interpreta uma cientista e fica claro porque foi escolhida para o papel.

Fiquei mesmo fã dessa garota

O elenco ainda conta com Guy Pearce, quase irreconhecível; Michael Fassbender, que virou arroz de festa e está em todas ultimamente e aqui interpretada o andróide; Logan Marshall-Green; e Idris Elba. E claro, estreando o astronauta alienígena e as criaturas que vão dar origem ao Alien. Preparem seus corações para grandes emoções e suas carteiras para o preço salgado do ingresso na sala XD. Mas, vale a pena o investimento. O Café & Conversa assistiu e saiu estupefato do cinema. Veja o trailer: