quinta-feira, 15 de outubro de 2009

French Press


Ricardo Icassatti Hermano

Eu sei que é difícil de acreditar, mas existem pessoas que não gostam do café espresso, preferem o coado. Não é nenhum pecado, claro, mas o café coado não é capaz de oferecer toda a riqueza de aromas e sabores que o espresso consegue. Uma questão de método que faz uma enorme diferença.

Por isso, aqueles que gostam de café coado vão perder o prazer de tomar um café de qualidade? De jeito nenhum. Mas, esqueça os coadores de pano ou papel. Para sempre. Os franceses nos presentearam com uma invenção fabulosa: a cafeteira French Press, ou prensa francesa, numa tradução livre.

Existem vários modelos e tamanhos. Este é o tradicional.

Como o café sofre alguma pressão enquanto é coado nesse processo, boa parte dos óleos responsáveis pelo sabor e aroma finais é incorporada ao líquido. O café coado em sacos de pano ou papel conta apenas com a força da gravidade.

A French Press é composta por um bule de vidro encimado por uma tampa, que também abriga um finíssimo filtro de aço inoxidável. A pressão é feita pelo usuário, empurrando o filtro para baixo após o café ter sido devidamente escaldado. Assim, o café é coado e está pronto para ser bebido. Não existe forma mais precisa para obter um excelente café coado. Instruções abaixo:

1 - Com o bule de vidro aberto, coloque a quantidade de café em pó que lhe agrade;

2 - Em seguida, derrame a água quente até preencher cerca de 2/3 do bule. Atenção! A água não pode estar fervendo, pois você queimará o café e estragará a bebida. A temperatura ideal da água é de 95º C;

3 - Mexa com uma colher até que o café esteja bem misturado com a água. Coloque a tampa no bule com a haste do filtro puxada para cima. Deixe a mistura descansar por três ou quatro minutos;

4 - Em seguida, coloque a mão sobre a ponta da haste e faça pressão para baixo, de forma suave e constante até o final, que deve ser o topo do pó de café que se acumulará no fundo do bule;

5 - O líquido, que é o café já coado, ficará acima do filtro e estará pronto para beber;

6 - Só deixe o café na cafeteira se for consumi-lo rapidamente, pois o pó continuará liberando a parte ruim do café. Caso contrário, é melhor transferir para outro recipiente, tipo garrafa térmica ou bule térmico.

Aqui um vídeo ilustrativo de todo o processo. Aproveite o seu café.



2 comentários:

.michele. disse...

Olá!
Não entendo muito de cafés, mas estou me interessando pelo assunto. Procuro uma cafeteira simples, para uso doméstico. Gostei da French Press. Pode-se usar o mesmo pó que se usa no coador de papel? E a cafeteira italiana? Qual a diferença em relação a sabor e aroma quando comparada à French Press e ao coador de papel?

Café & Conversa disse...

Oi Michele,

Desculpe a demora em responder, mas é difícil saber quando alguém faz um comentário em um post mais antigo. Em todo caso, vamos à sua pergunta.

O pó para a French Press deve ser um pouco mais granulado ou "grosso". Se você comprar seu café numa cafeteria,peça ao barista que moa para French Press. Ele saberá a granulagem correta. Em supermercados, infelizmente você não encontrará o pó adequado para essa cafeteira. Você terá que comprar o café me grão e pedir para moer na hora. A diferença na qualidade vale a pena o esforço.

A cafeteira italiana a que você se refere, presumo que seja a Moka. Esse modelo de cafeteira doméstica não faz café coado como a French Press. Ela faz o espresso, pois utiliza pressão do vapor d'água.

A diferença entre a French Press e o coador de papel, é que na primeira o café é coado sob pressão, o que possibilita retirar do pó mais qualidades de sabor e aroma. No filtro de papel, a força que atua no café é apenas a da gravidade.

Espero ter ajudado. Qualquer dúvida, basta perguntar ou enviar um e-mail para cafeconversa1@gmail.com

Obrigado e um abraço

Café & Conversa