quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Receita - Carneiro, Hortelã e Café! Uma aventura acima do Paralelo 14


Antes de partir para uma aventura que certamente será acima do Paralelo 14, eu quero deixar uma receita de carneiro (ou pernil de porco), dependendo do gosto do leitor, que leva vinho, hortelã e café.

Primeiro vamos aos ingredientes:
  • Uma xícara e meia (chá) de café coado. Frio;
  • Meia xícara (chá) de azeite;
  • Meia xícara (chá) de vinho – tinto ou branco – dependendo da carne;
  • Quatro colheres (sopa) de hortelã, picada;
  • Uma colher (sopa) de louro, em pó;
  • Quatro dentes de alho, picados;
  • Uma colher e meia (sopa) de sal;
  • Uma colher (chá) de pimenta-do-reino; e,
  • Um pernil de carneiro (ou porco), limpo. Com aproximadamente 2,5kg).

Modo de preparar:

Misture todos os ingredientes e deixe o pernil tomar gosto por oito horas. De vez em quando vire o pernil.

Faça alguns furos na carne para que o tempero penetre com facilidade.

Coloque o pernil junto com o tempero em um saco, estilo assa-fácil – na assadeira - e leve ao forno, preaquecido, em temperatura alta, por uma hora e 15 minutos, aproximadamente.

Depois desse período, abra o saco e deixe o pernil dourar. A recomendação da jornalista Giuliana Bastos, no Dicionário Gastronômico, é de que um arroz à grega cai bem.



Se você é, como eu, daqueles que não pode – sob qualquer pretexto – comer um pernil desses com vinho, deixe de lado o vinho. Se os seus convidados não estiverem famintos, essa receita rende ao menos dez generosas porções.

Bom apetite!

Ah, antes que eu esqueça. O Paralelo 14 é uma linha que “nasce” nas proximidades da fronteira de Angola com Zâmbia; “entra” na América, no litoral sul da Bahia, pertinho de Itacaré; corta a Chapada dos Veadeiros, em Goiás; cruza as imediações de Machu Picchu, no Peru, antes de “desembocar” no Pacífico.



Estarei por aí, a bordo de uma Land-Rover Defender, 90 polegas, equipada com GPS, barraca, e 10GB de música. Tem do canadense Leonard Cohen a Tarika, sucesso na Ilha de Madagascar e um “bluseiro” que não pára de tocar no meu equipamento: Keb’ Mo’. (a música que recomendo para o último dia do ano).


Um forte abraço. Feliz Ano Novo!

PS: dedique essa canção a quem você ama! Possivelmente você não passará a virada do ano na solidão.

Romoaldo de Souza


Estamos sempre no Twitter. http://twitter.com/CafeConversa


Closer

(Keb’ Mo’)

It's a lovely night
A beautiful evening
Time is slippin' away
 
It's getting late
You should be leaving
But I've got something to say
 
Please, don't go
Let's get closer
A little bit closer
Turn the lights, down low
I need to let you know
I'm so in love with you
Getting closer is all I want to do
 
We've been friends
Close companions
There's nothing to conceal
 
So I'm letting go
My little secret
To tell you how I feel
 
So please, don't go
Let's get closer
A little bit closer
Turn the lights, down low
I need to let you know
I'm so in love with you
Getting closer is all I want to do
 
So please, don't go
Let's get closer
A little bit closer
Turn the lights, down low
I need to let you know
I'm so in love with you
Getting closer is all
 
Oh please, don't go
Let's get closer
A little bit closer
Turn the lights, down low
I need to let you know
I'm so in love with you
I'm so in love with you
I'm so in love with you
Getting closer is all...
 
So please, don't go
Let's get closer
A little bit closer
Turn the lights, down low
I need to let you know
'Cause I'm so love with you
Getting closer is all I want to do

3 comentários:

dia-a-dica disse...

Essa música é realmente um presente.
FELIZ ANO NOVO A TODOS!

Anamaria disse...

Boa viagem.
E um lindo 2010 pra você.

Cartas de Brasília disse...

Saudades do Paralelo 14! Deixe meus cumprimentos ao Morro da Baleia. Feliz 2010!