segunda-feira, 24 de maio de 2010

Bolo de Limão e Amêndoa


Ricardo Icassatti Hermano

A vida não é só moleza não, apesar da impressão que o Café & Conversa passa. Tem gente achando que Romoaldo e este que vos fala comandamos uma equipe de seis jornalistas para fazer este humilde blog. É mole? Sem patrocínio? Sem anunciante? Sem corrupa? Sem Mensalão? Sem panetone?

O que tem aqui é muito suor, trabalho, criatividade e garra. Temos o compromisso de entregar posts diários a leitores famintos e necessitados de risadas e de informações úteis para a batalha na vida. Você acha que é fácil ganhar aquela(e) gata(o) só com conversa mole? Você acha que é fácil parecer um bom partido?

Tem que mostrar outras qualidades indispensáveis, como ser articulado em diversos assuntos, inclusive os sensíveis, destreza, agilidade, bom humor, conhecimento sobre o universo feminino (masculino) e indispensáveis habilidades culinárias. Tudo isso você - seja mulher ou homem - só encontra aqui no Café & Conversa.

Por que? Porque a gente rala por você! Não tem equipe nenhuma não. Aqui a gente cria, inventa, pesquisa, entrevista, escreve, bate foto, edita e publica. Ainda dá tempo de atender os filhos, dar alegria às mulheres (ex e atuais), conversar com os amigos, dar plantão na firma que é o nosso ganha-pão, tomar café, fazer trilha, ler bons livros, ouvir boa música e ir ao cinema de vez em quando.

É por isso que hoje trouxemos uma receita fantástica, mas que dá uma trabalheira danada para fazer. Assim você terá uma pálida ideia do esforço que dispendemos para oferecer um blog bonito e gostoso para o seu deleite. Já foi pedreira só para escrever. Como o diz o ditado popular: "você vê as risadas que eu dou, mas não vê as lágrimas que eu choro".

Mas, o importante é que a receita é sensacional e perfeita para acompanhar uma enorme xícara de café perfumado, encorpado e alucinante como o Bourbon Vermelho da Fazenda Ambiental Fortaleza que tem propriedades, digamos, calmante-contemplativas e um certo efeito ...

Você poderá até cascatear e dizer que fez o curso Cordon Bleu du Pâtisserie em Paris. Mas tome cuidado. Não vá mostrar aquela pulseirinha azul do Senhor do Bonfim que você trouxe de Salvador no último carnaval e dizer que é o Cordon Bleu ... prestenção rapá!

Agora, coragem e mãos à obra. Parte da receita deve ser feita com antecedência e certos cuidados precisam ser observados rigorosamente para que tudo dê certo. Faça, prove e depois nos conte se vale ou não a pena seguir o blog Café & Conversa. Ofereça à gata (ou gato, sei lá) e diga com orgulho: "Foi feito por mim".


Bolo de Limão e Amêndoa
8 a 10 fatias

Ingredientes

- 3/4 xícara de farinha de trigo peneirada
- 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
- 1/8 colher de chá de sal
- 2 colheres de sopa de sementes de papoula (opcional)
- 5 ovos grandes
- 1 colher de chá de extrato de baunilha
- 3/4 xícara de pasta de amêndoa em temperatura ambiente
- 1 xícara de açúcar
- 1 xícara de manteiga sem sal em temperatura ambiente
- 1 colher de chá de raspa da casca de limão siciliano
- 1 colher de chá de raspa da casca de laranja

Calda Cítrica

- 3 colheres de sopa de suco de limão siciliano
- 3 colheres de sopa de suco de laranja
- 3/4 xícara de açúcar

Pasta de Amêndoa

- 500g de amêndoas sem pele
- 500g de açúcar de confeiteiro
- Água suficiente para cobrir o açúcar na panela


Preparo com antecedência de dois ou três dias

Pasta de Amêndoa - Para tirar a pele das amêndoas, ferva água e retire do fogo. Coloque as amêndoas na água e deixe por alguns minutos. Retire as amêndoas e a pele sairá facilmente apenas esfregando a sua superfície. Deixe secar por um ou dois dias.

Depois de secas, coloque as amêndoas no processador e bata até obter uma farinha fina. Pese essa farinha. Coloque numa panela a mesma quantidade de açúcar e adicione a água.

Leve ao fogo baixo e mexa sempre com uma colher de pau até dissolver o açúcar. Deixe ferver até atingir o ponto de fio (coloque um pingo da calda entre os dedos indicador e polegar. Feche e abra os dedos e veja se formou um fio entre eles).

Junte a farinha de amêndoas e mexa rapidamente até misturar completamente sem caroços. Retire do fogo e continue mexendo até esfriar ao ponto de poder manusear sem queimar as mãos.

Coloque a massa sobre uma bancada de mármore ou outro tipo de pedra. Amasse fazendo um rolo. Depois vire as pontas para o meio e amasse sucessivamente até que a massa fique firme e quase fria.

Coloque a massa num recipiente de vidro e deixe descansar por um dia antes de guardar na geladeira.


Preparo do Bolo

Pré-aqueça o forno a 180º, com a prateleira posicionada na terça parte inferior.

Unte uma forma de pão com manteiga e enfarinhe.

Junte e peneire duas vezes a farinha de trigo, o bicarbonato de sódio, o sal e as sementes de papoula (opcional).

Numa tigela pequena, misture os ovos e o extrato de baunilha. Bata apenas para misturar.

Na batedeira, em velocidade baixa, bata a pasta de amêndoas por um minuto ou mais, dependendo da maciez e da temperatura. Ainda batendo, adicione aos poucos o açúcar até que esteja completamente incorporado à massa. Se adicionar o açúcar rápido demais, a pasta vai desandar e não ficará cremosa e macia.

Ainda batendo, adicione uma colher de sopa de manteiga por vez, por cerca de um minuto. Quando terminar, pare a batedeira e raspe as laterais da tigela, colocando a massa no centro. Bata novamente em velocidade média por mais 3 ou 4 minutos, até que a massa esteja clara e macia.

Ainda batendo, adicione os ovos, um de cada vez. Misture bem até que estejam totalmente incorporados à massa. Pare a batedeira e raspe as laterais da tigela, colocando a massa no centro. Volte a bater em velocidade média por mais 30 segundos. Desligue a batedeira e retire a tigela.

Adicione as raspas de casca de limão e de laranja e misture com uma colher de pau ou um fouet.

Adicione a mistura de farinha de trigo, duas colheres por vez, misturando até a sua completa incorporação. Quando terminar, coloque a massa na forma untada, iguale a superfície com uma espátula e leve ao forno por 45 a 50 minutos.

Retire e deixe esfriando na forma enquanto prepara a calda cítrica.

Calda Cítrica -

Misture numa tigela o suco do limão, o suco da laranja e o açúcar.

Retire o bolo morno da forma e coloque sobre uma grade forrada por baixo. Pincele generosamente a calda sobre o topo e as laterais do bolo. Deixe o bolo esfriar completamente. Não mexa, porque o bolo se parte facilmente quando ainda está quente.

Quando o bolo estiver frio, opcionalmente polvilhe açúcar de confeiteiro por cima, transfira cuidadosamente para um prato e sirva. Enrolado em papel alumínio, este bolo pode ser guardado por até uma semana na geladeira.

E aí? Comeu ou não comeu?

3 comentários:

Heleny Galati disse...

Ricardo,

Bom texto. A receita? Excelente. Aquilo que temos que esperar torna o provar mais prazeroso.

Sei que "rala" muito para nos dar todo esse prazer. Obrigada.

Maria José disse...

Ricardo, enquanto não provar esse bolo não sossegarei. Preciso de tempo para fazê-lo. Fiquei curiosa para saber onde conseguiu receita tão fantástica. Outra coisa: existe essa preciosidade de bolo para vender em algum lugar, aqui em Brasília? Abraços.

Café & Conversa disse...

cara Maria José,

Consegui essa receita num site norte-americano. Nunca vi essa iguaria em Brasília. Mas, quando você fizer, não esqueça de nos convidar para comê-lo : )

Abraço

Ricardo Icassatti Hermano